Cláudia Felício - Tudo Sobre Meninas e Tudo Sobre Meninos...
Ir para Página Inicial

DICAS E SUGESTÕES


CAROL PERGUNTA:

Fui ao cinema com o meu namorado no shopping. A gente estava na Praça da Alimentação e tinha que subir para chegar ao cinema. Como eu estava de saia, quis ir de escada rolante e ele não quis. Fomos pela escada comum, só que lá em baixo dessa escada fica um monte de garotos para ver se conseguem ver calcinha de quem está de saia. Lógico, que quando eu subi, todo mundo olhou. Meu namorado deu um pagadão na porta do cinema. Gritou, apertou meu braço, me xingou, ficou todo mundo olhando. Fiquei sem ação. Agora ele não quer mais que eu use saia e também me proibiu de falar com a minha amiga. Amo ele demais! O que eu faço, Claudinha? Carol (MG), 16 anos.

CLÁUDIA RESPONDE :

Menina, o que é isso!? Que garoto é esse!? Para início de conversa, num relacionamento (qualquer um) é preciso que haja respeito o que, parece-me não ser o caso do seu. Só que esse respeito que eu falei, além de ter que existir entre você e ele, é preciso que exista de você com você mesma. Entendo que você o ame, mas e a si própria você ama também?

Na minha opinião, seu namorado perdeu o controle por muito pouco e sabe-se lá o que pode acontecer da próxima vez... Será que vale a pena esperar para ver? Você vai se deixar ser maltratada assim novamente!? Se você não consegue impor ou exigir respeito, lamento dizer, a coisa só vai piorar, amiga.

Outra coisa: quando foi que você passou algum recibo para esse garoto dizendo que ele era seu dono? Namorado nenhum tem o direito de proibi-la de usar uma roupa que você goste, de falar com uma amiga da qual você gosta, de proibi-la... de ser você! Se você continuar o namoro acatar só umazinha dessas imposições, prepare-se para em breve só usar vestido florido e longo porque calça de cós baixo você só vai ver pela vitrine. Garanto que ele vai colocar cada vez mais imposições até você virar um fantoche.

De gente grossa e desequilibrada só pode querer uma coisa: distância. Sei que dói super ficar sem quem a gente gosta, mas avalie direitinho se vale a pena continuar esse relacionamento, Carol. É VOCÊ é a criatura mais importante do seu universo.

Mil beijos,

Cláudia Felício


MANUELA PERGUNTA:

Cláudia,

Quero te dizer antes de começar que eu amo seu livro “Tudo sobre meninas para meninas”, é tudo de bom. Eu e meu vizinho somos amigões e gente conta tudo um pro outro. O problema é que agora ele disse que me ama e que quer ficar comigo. Não dá! O que eu faço? Eu vejo ele só como amigo-irmão, sabe como? Manuela (SP), 14 anos.

CLÁUDIA RESPONDE:

Sei como, sim Manu... Tenho um capítulo no “Tudo sobre meninas... para meninas” só sobre isso. Chama-se: “Como dar o fora sem ser indelicada”. Dá uma olhadinha nele novamente!

Na minha opinião, você deve pegar todo esse carinho que você tem pelo seu amigo e transformar em sinceridade. Fale para ele como você se sente. Diga, do mesmo jeito que falou para mim, que você o vê só como amigo e que quer continuar a amizade por muito tempo.

Ser honesta nesse caso é muito melhor. Vamos trocar de lugar? Se fosse com você, você ia preferir que ele ficasse enrolando ou que fosse sincero? Todo mundo ia preferir a sinceridade, né? Assim ele pode desencanar mais rápido ficar com outras garotas e vocês continuarão superamigos.

Mil beijos,

Cláudia Felício


PATRÍCIA PERGUNTA:

Olá Cláudia, espero que possa me ajudar novamente...

Meu nome é Patrícia, eu tenho 13 anos e tô ficando com um garoto um pouco mais velho, Paulo, que tem 17 anos.

A gente vem ficando há mais ou menos um mês e meio. E desde que a gente começou com esse rolo, ele me falou que só queria ficar comigo, pelo fato de que ele tinha acabado de terminar um namoro e também por eu ser 4 anos mais nova.

Eu também não quero namorar, mas querendo ou não isso se tornou uma coisa séria, porque a gente fica sempre quando se vê, e nem eu nem ele estamos ficando com mais ninguém. Ele é muito amigo, legal e engraçado, e por isso ele tem vários amigos e AMIGAS. Eu e morro de ciúmes dele, mas eu me controlo, até para que ele não enjoe de mim.

Esses dias até, a gente estava conversando com uns amigos e eu e minhas amigas percebemos que uma garota não parava de dar em cima dele, e isso me deixa bastante encabulada.

Eu queria abrir o jogo com ele e falar do que eu sinto e que eu gosto demais dele. Mas eu tenho medo de que ele ache que é palhaçada minha. As minhas amigas me falaram pra eu falar com ele, mas eu tenho medo. O que eu faço?

Estou ansiosa esperando você me responder... Te adoro!

Beijos Patrícia!

 

CLÁUDIA RESPONDE:

Boa noite Paty,

Você há de convir que uma diferença de idade dessas, nessa faixa de idade é bastante significativa, né? Por exemplo: ele deve ir a lugares que vc não pode ir, deve fazer coisas que parecem desinteressantes para vc e vice-versa. Complicado... Complicado, mas tem jeito.

Acho realmente que você está fazendo a coisa certa em não dar uma dura nele agora por causa de ciúme. Vai ficando e, hora que a coisa ficar séria de verdade e que você estiver "oficialmente" namorando, aí sim, ponha o cara na parede, mas vá com calma.

Quem se afoba nessa hora não namora. Muita calma, vá enredando o garoto devagar, vai ficando, marque outros encontros além das ficadas, vai cercando, uma hora ele cai em si e percebe que já está namorando.

Boa sorte e depois me conta.

Mil beijos,

Cláudia Felício

VOLTAR | TOPO

Home | Autora | Imprensa | Dicas e Conselhos | Crônicas | Vou ao seu colégio
Escreva Comigo | Onde Comprar | Fotos | Contato

Paulo Rezende

Paulo Rezende